_Blog_

Blog

Tele Consulta Unimed: entrega do projeto com o time em home office

Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , Artigos, Cases, Clientes, Destaque, Mercado, Serviços, Tecnologia
featured image

A Tele Consulta da Unimed é uma ferramenta que foi desenvolvida pela Unimed Central, com o objetivo de realizar atendimento virtual e se aproximar dos pacientes em meio a atual crise no sistema de saúde.

A Kbase atuou no desenvolvimento web mobile do projeto. Além de um desafio técnico, foi também o primeiro entregue com a empresa inteira em home office. 

Tópicos que você vai encontrar aqui:

  • O que é telemedicina
  • Os impactos do COVID-19
  • Desafios e planejamento do projeto
  • Principais tecnologias
  • A entrega do projeto com o time em home office

Unimed Central 

Primeiramente, você certamente já ouviu falar da Unimed, mas o desenvolvimento da Tele Consulta partiu da cooperativa do Sistema Unimed RS – Unimed Central – que atua desenvolvendo produtos e serviços para o setor de saúde que são destinados às 27 Unimeds Filiadas.

O que move o negócio é fomentar o desenvolvimento dessas filiadas, para que possam melhorar a remuneração dos seus cooperados. Sendo que uma das formas de fazer isso é usar tecnologias modernas a fim de trazer inovações no atendimento.

Antes de entrar em explicações mais técnicas, é importante que você entenda também o que é e para que serve o serviço de telemedicina.

O que é telemedicina

A telemedicina é uma especialidade médica que tem a finalidade de disponibilizar serviços a distância para o cuidado com a saúde, isso ocorre por meio de tecnologias digitais que promovem a assistência médica online a pacientes, clínicas, hospitais e profissionais da saúde.

Por exemplo, na Unimed essa especialidade já vinha sendo utilizada através do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP). A plataforma do PEP permite compartilhamento de informações clínicas do paciente, entre outros recursos – isso tudo de forma digital.

Foi pensando em melhorar e aproveitar ainda mais esse recurso que surgiu a ideia de utilizar o PEP para realizar consultas online. Inicialmente, a intenção era oferecer atendimento contínuo, para que o paciente não precisasse retornar ao consultório sem que houvesse necessidade. 

telemedicina

Os impactos do COVID-19

No entanto, a telemedicina não era um sistema totalmente liberado pelas autoridades. 

Logo que o vírus se espalhou e impactou principalmente o sistema de saúde, o Ministério da Saúde, CFM, ANS e o Senado liberaram o uso da telemedicina.

Assim, a ideia de transformar o PEP em uma plataforma de atendimento retomou com outro foco: evitar contato físico e amenizar os riscos de espalhar o COVID-19.

Contudo, o projeto era de extrema urgência e a Kbase entrou no desafio para atuar no desenvolvimento web mobile. 

SAIBA MAIS: OUTSOURCING EM TI – A EVOLUÇÃO DA PARCERIA ENTRE KBASE E MBM

Desafios e planejamento do projeto

“Um dos principais recursos, que demonstrou empenho e estudo da equipe da Kbase,

foi a implementação em todas as plataformas mobile. “

 

🗣 Leandro Schmitz – Gerente de TI da Unimed Central

planejamento de TI

O objetivo era construir uma nova ferramenta dentro do PEP teleconsulta com a finalidade de levar o paciente para uma vídeo chamada onde aconteceria o atendimento médico. Em virtude da urgência em colocar o sistema no ar, o maior desafio foi encontrar soluções rápidas.

Sendo assim, o melhor caminho encontrado foi utilizar um software de chamada de vídeo com biblioteca open source chamado Jitsi. Essa tecnologia possibilitou o uso do código aberto para construção de uma integração, onde foi desenvolvida uma API com as funções de:

  • Recebimento de todos os agendamentos de consultas vindas do sistema PEP;
  • Controle de segurança das salas de teleconferência, autenticando a conexão entre o médico via sistema PEP e o paciente que acessa uma página web;
  • Comunicação com a interface web informando o sistema PEP a chegada do paciente na chamada;
  • Notificações na saída do usuário ou quando médico/assistente opta pelo encerramento;
  • Captação de imagens do paciente para anexado no prontuário;
  • O site do paciente avalia os dados de acesso e acompanha o status da consulta.

Principais tecnologias

Desse modo, o Jitsi trouxe a agilidade necessária para o projeto. Por outro lado, a escolha certa das tecnologias foram essências para a rapidez das integrações. As principais foram: 

  • Banco de dados MongoDB;
  • Framework NestJS no Node.js;
  • Documentação da API com Swagger (open API 3.0).

Como resultado, a documentação de uso da API foi entregue e em pouco tempo já era possível realizar testes com dados estáticos. 

projeto de TI em home office

A entrega do projeto com o time em home office

Sobretudo, a participação nesse projeto teve um valor simbólico para a Kbase por ter sido o primeiro construído e entregue com a empresa 100% em home office.

Sem dúvidas, foi um grande de desafio de gestão. Mas resultou em novas experiências e aprendizados sobre adaptação, resiliência e a importância do planejamento em meio a uma crise.  Definitivamente valeu todo todo o esforço, acima de tudo pela satisfação em participar da construção de um projeto tão significativo.

SAIBA MAIS: HOME OFFICE – ATÉ QUANDO?

Tele Consulta

Enfim, a Tele Consulta saiu do papel e se tornou um meio de evitar contato físico entre pacientes e profissionais de saúde das Unimeds. O sistema conta com diversas outras funcionalidades e foi construído em muitas mãos.

Como principal resultado, disponibilizamos aos médicos cooperados de nossas filiadas o recurso de tele consulta. Este recurso viabiliza aos médicos continuidade de atendimento com seus pacientes nesse momento de pandemia.”

 

🗣 Leandro Schmitz – Gerente de TI da Unimed Central

Related Posts

  • javascript atualizações ES2021
  • sistema pdv paquetá
  • tutorial spring boot
  • outsourcing de ti