_Blog_

Blog

Java: uma sobrevivente na era das novas linguagens

Tags:, , , , , , , , , , , , , Artigos, Destaque, Mercado, Tecnologia
featured image

Há mais de duas décadas, Java é uma linguagem de programação que se mantém entre as mais utilizadas no mundo todo. A cada nova tecnologia ou linguagens que surgem oferecendo mais rapidez ou interfaces mais fáceis e atrativas, liga-se o alerta para a extinção de Java.

Porém, esta é uma realidade que está longe de acontecer e um dos principais motivos disso é que ainda existe muito sistema legado que precisa dela para funcionar. Consequentemente, nos deparamos com a alta demanda por suporte e sustentação de sistemas em Java e o trabalho de profissionais especializados é capaz de dar sobrevida para estas aplicações e fazer com que se mantenham ativas por muito mais tempo.

SAIBA MAIS: AMS – SUPORTE E SUSTENTAÇÃO DE SISTEMAS: ESCOLHA BONS PROFISSIONAIS

Ao longo destes mais de 20 anos de existência, as constantes atualizações contribuem para sua permanência no mercado e para que programadores com mais experiência continuem em atividade e focados nela que agora, na versão 11, está mais dinâmica e com mais alternativas de programação.

Sua capacidade de dividir espaço com as novas linguagens, cada uma com sua função, vantagens e usos específicos, também pode ser destacada como fator decisivo para sobrevivência. Além disso, é uma linguagem open source, ou seja, não exige a compra de licença, e a Oracle a mantém com suporte contínuo, com atualização a cada seis meses.

Outro motivo para que frequentemente se afirme que Java está morrendo é o baixo índice de formação de novos programadores nesta linguagem. Quem está saindo do reduto universitário e ingressando no mundo do trabalho não se interessa por aprender Java, provavelmente por causa do seu caráter mais técnico e voltado para camadas de serviços.

java

SAIBA MAIS: LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO – COMO ESCOLHER A IDEAL

Porém, é preciso entender que esta é uma exigência constante do mercado, pois ainda há muitas empresas com sistemas rodando em Java que precisam de suporte e sustentação para manter seus processos de trabalho.

Ao mesmo tempo em que não há interesse dos estudantes em aprender a linguagem durante a formação em cursos técnicos ou faculdades, existem profissionais com experiência no mercado, mas estes são escassos, exatamente pela falta de procura dos recém formados.

Como Java pode ser usado

Criada na década de 90, Java é uma linguagem de programação que surgiu com o objetivo de resolver problemas de programação que existiam na época e hoje domina o mercado de aplicações para celulares. Mas seu uso já foi útil até mesmo em dispositivos como televisores e aspiradores de pó.

No dia a dia das empresas que buscam soluções para otimizar seus processos de trabalho, Java pode ser aplicado em sistemas de contas a pagar e receber, no controle de carregamentos de frotas, na integração com máquinas para pesagem de mercadorias e ainda ser a camada de serviços que irá comunicar com os diversos sistemas produtivos em vários setores e sistemas de gestão, substituindo tarefas manuais e oferecendo mais agilidade, melhor performance e segurança às informações geradas.

BAIXE AGORA: COMO A AUTOMAÇÃO REDUZ CUSTOS NAS EMPRESAS

Como está estabelecido no mercado há bastante tempo, Java consegue se comunicar com praticamente todos os bancos de dados existentes, sua escalabilidade é um diferencial, é uma linguagem ampla que permite fazer quase tudo e por isso é fácil encontrar especialistas que deem suporte e sustentação.

java

Outra vantagem para o uso de Java é sua capacidade de ser multiplataforma. Um código pode ser criado e executado em Linux, Windows ou MacOS, entre outros. Esta é mais uma das características que contribuem para que a linguagem esteja presente em grande parte das empresas que contam com sistemas de TI.

*Artigo escrito por Wander de Andrade, programador da Kbase

Related Posts

  • scrum
  • terceirização em TI
  • node js
  • TOTVS Datasul