_Blog_

Blog

Qual o valor de um software personalizado?

Tags:, , , , , , , Destaque, Mercado
featured image

Tirar um projeto do papel e transformá-lo em um sistema não é algo feito apertando algumas teclas do computador ou estalando os dedos. Por isso, antes de pensar no valor de um software personalizado é preciso entender o que está envolvido nesse processo. Afinal, desenvolver uma aplicação requer muito planejamento e estudo das necessidades do cliente. Esta tarefa abrange vários profissionais com diferentes capacidades técnicas para entregar uma solução eficaz e atender aos objetivos de quem solicitou.

Um sistema sob medida tem um valor de investimento mais expressivo que as soluções prontas disponíveis no mercado. Isto porque, para ser desenvolvido, será preciso criar do zero desde a arquitetura até as telas de cada projeto. Afinal, cada solução tem suas especificidades e precisa ser percebida a partir destas características.

BAIXE AGORA: PORQUE DESENVOLVER UM SOFTWARE PERSONALIZADO

Os profissionais de TI envolvidos no desenvolvimento devem ter capacidade para analisar o cliente, seu processo de trabalho e produção. Além de perceber em quais setores a interligação de dados é necessária e como a tecnologia ajudará da melhor forma. Por isso, para compreender o que de fato é preciso para que um software atinja os resultados que os desenvolvedores e seus clientes desejam, é preciso mergulhar no universo da empresa.

O que está por trás do valor de um software personalizado

Para ter um software eficaz é preciso contar com uma empresa especialista na área. Para entender como estes profissionais agregam valor ao desenvolvimento destas aplicações é necessário analisar como a equipe é composta. Contar com um time multidisciplinar, com alto grau de conhecimento e experiência permite que as diferentes demandas do seu negócio sejam atendidas de forma eficaz. Além de entregar qualidade e cumprir com os prazos estabelecidos.

valor de um software personalizado

Normalmente, a equipe por trás do desenvolvimento de um software personalizado é composta por: analista de negócios, Product Owner (PO), designer UX e UI, desenvolvedores, analista de testes e Scrum Master. Cada um destes profissionais exerce um papel fundamental para se chegar à solução final, confira a seguir:

1 – Analista de negócios

Auxilia a mapear junto ao cliente as questões que envolvem a definição do escopo e das necessidades da empresa. É o profissional que vai ajustar a melhor solução para o problema do cliente. É o elo entre o que se pode fazer aliando viabilidade tecnológica, humana e financeira.

SAIBA MAIS: ESCOLHA BONS PROFISSIONAIS PARA AMS – SUPORTE E SUSTENTAÇÃO DE SISTEMAS

2 – PO

O Product Owner é o profissional que, na maioria das vezes, faz parte da equipe do cliente. Ele vai dimensionar as necessidades dos usuários, o que tem maior prioridade e mais valor agregado para a solução. A partir disso, é ele quem monta a backlog de tarefas para equipe de desenvolvimento fazer as entregas. Isto varia conforme o nível de importância de cada tarefa. Inicia com o que agrega mais valor para o problema do cliente, passa pelos itens de menor valor agregado e vai até a definição do que entra ou não no projeto.

valor de um software personalizado

3 – Designer UX e UI

Estes profissionais são responsáveis por pensar como a solução pode unir o design,  a psicologia e a tecnologia dentro do produto. São eles que montam telas como as de resultado de pesquisas. Também é deles a tarefa de entender e analisar as necessidades e sentimentos que o usuário vai imprimir ao estar em contato com a solução. Tudo para tornar a experiência mais amigável e fácil possível.

4 – Desenvolvedores

É esta parte da equipe que fica responsável pela execução e criação do software. Possuem conhecimento em diversas especialidades e tecnologias e atuam desde o front-end até o back-end. Em outras palavras, front endereço é o profissional encarregado por criar a interface do software. Sua função também está ligada à experiência do usuário. Já o back end é quem trabalha “por trás” da aplicação. Ele desenvolve o que o usuário não enxerga, como os dados, a segurança da informação e a performance da aplicação.

5 – Analista de teste

É responsável por fazer os testes que acompanham as entregas constantes da equipe de desenvolvimento. Ele representa os usuários na utilização do sistema e faz todas as checagens necessárias para que a solução esteja funcionando conforme o esperado. Estes testes podem ser desde os unitários, até os integrados e automatizados, entre outros.

valor de um software personalizado

6- Scrum Master

Este profissional é o responsável por dar todos os insumos para a equipe desempenhar cada vez melhor seu trabalho. Ele conduz as cerimônias de planejamento, revisão e retrospectiva das sprints. Além disso, sua função é eliminar os itens que estão bloqueando o progresso da solução e trabalhar para que a equipe se torne cada vez mais auto gerenciável.

SAIBA MAIS: SCRUM – VANTAGENS DA METODOLOGIA ÁGIL NO DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARES

São várias as etapas que devem ser pensadas para a construção de um produto ou solução. É preciso contar com profissionais capacitados e com perfis complementares para que possam entregar algo de valor agregado ao cliente. Só assim é possível entregar um sistema que faça a diferença e otimize o dia a dia das empresas.

Related Posts

  • cultura de engajamento
  • Sustentação TOTVS/Datasul:
  • Kanban
  • Indústria 4.0